Vinhos para iniciantes: Saiba como e por onde começar

Tempo de leitura: 10 minutos

Você é iniciante no mundo do vinho? Esse post vai te ajudar! Relacionamos as melhores dicas de vinhos para iniciantes.

Você sabia que o Brasil é o 17º maior consumidor de vinhos do mundo, com 330 milhões de litros consumidos todos os anos? Isso dá uma média de 2 litros per capita ao ano. Parece pouco, não acha? 

Pois é… o consumo ainda é baixo, talvez por receio de que seja um produto difícil de ser consumido.

Mas queremos te ajudar a dar os primeiros passos e saber como escolher os melhores vinhos para iniciantes, que certamente irão fazer você se apaixonar! 

O vinho vai muito bem em diversas ocasiões. Em um jantar romântico, no almoço familiar do domingo, para dar de presente, para impressionar e até para aquele dia mais tenso no trabalh,o quando você simplesmente quer relaxar.

Não há regras. É felicidade engarrafada!

Então, acompanhe com a gente as melhores dicas sobre os primeiros passos para quem quer conhecer melhor essa maravilhosa bebida!

Você conhece as cores dos vinhos?

Um ponto básico para começarmos a falar sobre o assunto é entender algumas das categorias e características dos vinhos.

São 3 categorias básicas e 5 sub-tipos de vinhos:

1. Vinhos tranquilos

  • Vinhos tintos

Feitos a partir de uvas de casca escura (tintas), como Malbec, Cabernet Sauvignon e Merlot, são os mais comumente encontrados e mais consumidos.

Tem a característica específica do tanino, mais corpo e bastante complexidade.

Quando mais jovens, apresentam a cor púrpura, tendendo a cor de tijolo, à medida que o tempo passa.

Conheça a linha de vinhos tintos da Bon Vi Vin!

vinhos tintos para iniciantes
Os vinhos tintos são os mais comumente encontrados e consumidos
  • Vinhos brancos

Feitos a partir de uvas de cascas esverdeadas (brancas), tais como Chardonnay, Sauvignon Blanc e Moscatel os vinhos brancos são normalmente frescos e melhores para serem tomados gelados.

Podem ser desde quase transparentes a esverdeados, amarelados até uma linda coloração dourada, nos vinhos com mais idade.

Conheça a linha de vinhos brancos da Bon Vi Vin!

  • Vinhos rosé

Feitos a partir de uvas tintas ou brancas ou as duas juntas, esses vinhos podem trazer características dos dois tipos acima e uma enorme complexidade em características e qualidades.

Um mundo todo a parte para ser explorado!

A cor pode ser rosa, salmão, casca de cebola (parece estranho, mas é isso mesmo!) ou alaranjado. Alguns vinhos apresentam uma cor mais escura, quase um rubi!

Conheça a linha de vinhos rosé da Bon Vi Vin!

vinhos rosé para iniciantes
O vinho rosé é feito com uvas tintas e brancas

2. Vinhos espumantes

Esses são principalmente brancos ou rosés e se caracterizam pelas bolhas, finas e delicadas.

São muito refrescantes, devem ser tomados gelados e podem ser de secos (brut) a doces (suave).

Conheça a linha de espumantes da Bon Vi Vin!

3. Vinhos fortificados ou licorosos

São vinhos normalmente adocicados, feitos para tomar com sobremesas (doces) ou charutos.

Eles apresentam um teor alcoólico mais alto que os vinhos tranquilos,  podem ser feitos tanto de uvas brancas como tintas e são muito especiais em seus aromas e complexos na boca.

Conheça a linha de vinhos fortificados da Bon Vi Vin!

Quais são os tipos de uvas utilizados para a produção de vinhos?

Uma bebida para ser considerada vinho fino, deve ser feito a partir de uvas viníferas.

Essas uvas são diferentes das uvas que consumimos in natura, como Isabel e Itália.

Elas são menores em tamanho e possuem uma casca bem grossa. São bem mais doces do que as uvas de mesa e variam muito dependendo do local (terroir) em que foram plantadas.

Alguns exemplos de uvas viníferas para vinhos tintos são:

  • Cabernet sauvignon;
  • Merlot;
  • Syrah; Tempranillo, e;
  • Garnacha.

Já para vinhos brancos, alguns exemplos de uvas viníferas são:

  • Chardonnay;
  • Sauvignon blanc;
  • Riesling;
  • Torrontés, e;
  • Alvarinho.

Uvas de mesa são usadas para fabricar os vinhos de garrafão, que são muito consumidos no Brasil. Aí você encontra Isabel, Bordô, Itália entre outras. 

Mas se você está começando nessa empreitada, vamos nos concentrar nas uvas viníferas. Todas elas são originárias da Europa e por isso também são chamadas de uvas europeias. Já as uvas de mesa podem ser chamadas de americanas. 

É importante dizer que no vinho só temos UVA! Não se adiciona nada além de uvas fermentadas, o máximo que se pode adicionar é álcool de uvas destiladas ou suco de uva concentrado (para deixar a bebida doce).

uvas viníferas para vinhos
Todas as uvas viníferas são originárias da Europa

Saiba como avaliar o nível de  teor alcoólico do vinho

Outro fator importante, na hora de escolher os melhores vinhos para iniciantes, é o corpo que o vinho tem.

Das três categorias mencionadas antes, os espumantes serão os vinhos com menor teor alcoólico. Salvo algumas exceções, eles não passam dos 12 graus de álcool.

Isso para manter seu frescor e leveza, já que quanto mais alcoólico, mais encorpado tende a ser o vinho.

Espumantes podem ir desde 5 graus (como os italianos Asti) e boa parte dos champagne estão entre 9 e 11 graus. Lembrando que uma cerveja fica em torno de 5 a 6 graus e a vodca russa chega a 40%!

Os vinhos tintos terão de 11,5 a 14 graus. Os brancos, de 9 a 13 graus. Já os fortificados mais de 15 graus. Isso porque nesses vinhos licorosos pode ser adicionado um álcool feito a partir da destilação de uvas.

10 dicas de vinhos para iniciantes

Confira 10 dicas que relacionamos, para ajudar na escolha dos melhores vinhos para iniciantes, para quem quer entrar nesse universo:

  1. O calor chama vinhos brancos, rosés e espumantes. Já o frio chama vinhos tintos e licorosos. Isso por conta da temperatura mais fresca e o menor teor de álcool, que torna a bebida mais leve e refrescante.
  2. Vinhos mais encorpados vão melhor com comidas mais fortes, com molho ou gordurosas. Quando você pensar na comida, uma forma de acertar é “vinho leve, comida leve, vinho mais encorpado, comidas mais encorpadas”.
  3. Não tem um tipo, região ou uva melhor do que a outra. O melhor vinho é o que você gosta! Sobre isso não temos o que dizer. Não é porque saiu em algum lugar que esse ou aquele vinho são melhores, ou da moda, que isso quer dizer que você vá gostar! O importante é provar, sem pré-julgamentos! 😉
  4. Boa parte das características está nos aromas. Para começar a entender o que você gosta, cheire o vinho. Anote o que sentiu. Um aroma de flores brancas não quer dizer que tenham sido usadas flores para confeccionar o vinho, mas ao sentir o aroma do vinho, sua memória chama alguma lembrança. Daí a conexão.
  5. Como muitas vezes o vinho acompanha uma refeição, preste atenção nas harmonizações clássicas!
  6. Se permita experimentar uvas, regiões e marcas diferentes! Você pode se surpreender. Revelar algum gosto que nem sabia que tinha!
  7. Não nutra preconceitos e escute opiniões na hora de escolher os melhores vinhos para iniciantes. O Vivino é um aplicativo em que as pessoas provam e comentam sobre os vinhos. Ajuda muito! Outro app bem legal é o Cellar Tracker.
  8. Anote o que gosta. O próprio Vivino é um bom app para isso. Outro app lançado recentemente é o Eniwine, que te ajuda a escolher o vinho baseado no que gostou em provas anteriores.
  9. Vinho depois de aberto não dura muito, com exceção dos fortificados. No máximo de um dia para o outro para que você não perca a qualidade da bebida! Deixe tampado e encontre um motivo para finalizar a garrafa no dia seguinte.
  10. Peça a ajuda de um sommelier! Entre em contato em nosso chat para receber indicações especiais para você!
dicas de vinhos para iniciantes
Permita-se conhecer sabores novos

Conheça os níveis de açúcar dos vinhos

O açúcar das uvas é o que torna o vinho possível, já que esse açúcar fermenta e se transforma em álcool.

A produção do vinho é extremamente complexa e cheia de detalhes mas, se colocarmos em linhas muito simples, é colher, fermentar, filtrar e engarrafar.

Os vinhos podem ser secos, meio secos (demi sec), meio doces ou doces (suave), conforme a quantidade de açúcar nele.

Muitos dos vinhos de garrafão tendem a ser adocicados, com a adição de suco de uva concentrado.

A maior parte dos vinhos de mesa de qualidade superior, feito a partir de uvas viníferas ou europeias, será seco ou meio seco. Os licorosos são quase todos bem adocicados.

Cada ocasião pede um tipo diferente de vinho!

Como avaliar a harmonização do vinho com o que vou comer?

A harmonização é um assunto extenso e complexo, mas que é fundamental na hora de avaliar os melhores vinhos para iniciantes.

Envolve as qualidades químicas dos alimentos e dos vinhos e como esses se combinam. Falamos mais sobre o assunto neste post AQUI.

Mas a regra básica é a seguinte:

  • Vinhos brancos e espumantes vão melhor com peixes, frutos do mar, saladas, entradinhas, aves.
  • Vinhos tintos com carnes vermelhas, massas mais pesadas (molho branco ou de tomate), risotos e pizzas.
  • Vinhos fortificados, com sobremesas.

O vinho pode potencializar positivamente ou negativamente um prato.

Um exemplo: imagine um linguado, leve e delicado, com um vinho tinto forte e cheio de amargor? Assim, uma massa com molho bolonhesa, super temperada, com um espumante?

Não parece legal, concorda?

De novo, o que importa é o que você gosta. Mas alguns pratos simplesmente ficam melhores com certos tipos de vinho. 

No infográfico abaixo, há um resumo bem legal do que vai bem com cada tipo de vinho. Um guia incrível, que vai ajudar muito na escolha dos melhores vinhos para iniciantes:

dicas de harmonização com vinhos para iniciantes
Guia Prático de Harmonização (Fonte: Vem da Uva)

Conclusão

Por mais científico e cheio de detalhes que possa parecer, o mais importante para você que quer começar a entender sobre vinho é abrir a cabeça para provar algo novo.

Entender o que te dá prazer, anotando suas sensações e impressões, lembrar que existe uma imensidão de oportunidades para você degustar e harmonizar, e que tem um vinho feito para o seu momento. 

Não deixe de chamar a gente no chat se tiver qualquer dúvida na escolha, nossa equipe está pronta para entender seu perfil e apresentar as melhores opções para que você entre nesse mundo e aproveite o máximo dele!!

E a Bonvivin tem muitas opções para todos os gostos. Temos uma categoria de momentos para te ajudar a escolher o vinho ideal! 

Conte sempre com a gente. Um brinde, saúde!

1 comentário


  1. Bom dia!
    Adorei a matéria, super legal pra quem não conhece muito de vinhos ainda… adorei em especial o infográfico. Parabéns!

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezoito − 6 =