O vinho têm glúten? Saiba detalhes da composição dos vinhos

Tempo de leitura: 6 minutos

Afinal, o vinho tem glúten? A resposta é Não, o vinho não tem glúten! Neste artigo, vamos apresentar a você mais detalhes sobre a composição do vinho.

O assunto dieta, atividade física e alimentação saudável são amplamente discutidos nos dias de hoje. 

Para se ter uma ideia, 55,7% dos brasileiros está acima do peso e buscando hábitos mais saudáveis para atingirem uma condição física melhor. 

O glúten, presente em cereais, é uma proteína que foi vista como culpada por engordar. Por isso, pensamos em fazer aqui alguns esclarecimentos sobre a relação entre o glúten e nossos deliciosos vinhos, indispensáveis para a alegria da vida :o) 

E, especialmente para demonstrar que vinho faz muito bem para a saúde!

Veja nesse post algumas informações que podem te ajudar a entender o que contêm e o que não contêm no vinho!

Qual é a composição do vinho?

Vinho é feito de uva. Somente uva. Como dissemos no post aonde explicamos tudo sobre vinhos para iniciantes, alguns vinhos podem ter mosto de uva adicionado, para aumentar a sensação de doçura.

Mas os vinhos secos tranquilos de uvas viníferas não possuem nada além de uvas. Então como esse é o tipo de vinho mais consumido, vamos falar dele um pouquinho.

Em uma garrafa de 750ml, cerca de 85% (ou 650ml aproximadamente) é águaO álcool de fato, de 10 a 15% dependendo do teor alcoólico que tem naquela garrafa.

Além disso, encontramos açúcares, aminoácidos, minerais e óleos, todos em pequena quantidade. É o que determina as características de paladar, corpo, taninos, enfim… Tudo aquilo que adoramos provar na taça!

o vinho tem gluten?
Vinhos secos de uvas viníferas não possuem nada além de uvas

Como o vinho é fabricado?

O processo de fabricação do vinho passa por diversas etapas, vamos lembrar quais são?

  • Colheita;
  • Extração;
  • Prensagem;
  • Fermentação;
  • Trasfega (filtragem e clarificação);
  • Descanso, e;
  • Engarrafamento.

O pessoal do canal Manual do Mundo fez um vídeo super legal sobre como o vinho é fabricado, passo a passo.

O canal é bem legal no Youtube e eles falam sobre todo tipo de assunto! Vale a pena dar uma olhada…

E ainda, temos algumas classificações se os vinhos são naturais, orgânicos ou biodinâmicos.

Isso depende da forma de fabricação do vinho, se respeita as regras de cada país em relação ao uso de repelentes, forma de colheita e até fases da lua!

Mas, no final das contas… não são permitidos aditivos ao vinho.

Afinal, o vinho têm glúten?

Não, o vinho não têm glúten!

O glúten é uma proteína presente em cereais e farináceos como trigo, cevada e centeio, é o que gera aquela elasticidade no pão por exemplo.

Frutas não possuem glúten, assim como o álcool em si. Então, uma bebida feita à base de uvas somente, não tem por que apresentar traços de glúten!

Ponto positivo para aqueles que têm algum tipo de intolerância, como a doença celíaca: O vinho está liberado!

O que é a contaminação cruzada de glúten?

A contaminação cruzada acontece quando traços de glúten podem, potencialmente, contaminar a fabricação de outro alimento.

Então, se na mesma indústria são fabricados e embalados produtos com e sem glúten, pode ser que algum resíduo seja passado para um alimento que não contenha, por princípio ,essa proteína.

É um risco para quem tenha restrição a esse alimento!

No caso da produção de vinhos, em algumas raríssimas exceções, são usados isolantes nas barricas de carvalho a base de trigo.

Caso esse for o caso, estará informado no contra-rótulo da garrafa. Nós nunca vimos tal marcação e, depois de tantas conversas com produtores e enólogos, nunca vimos isso acontecer.

Mas vale sempre o cuidado!

contaminação cruzada por gluten
Em raras exceções as barricas de carvalho podem conter traços de trigo

Quais bebidas contém glúten?

Para começar, podemos afirmar que a cerveja tem glúten. Pois é feita a partir de cevada fermentada, essa bebida mantém a proteína em sua constituição. Na prática, a cerveja é como se fosse um “pão líquido”!

Outras bebidas alcoólicas como vodca, whisky e gin, que também são feitas a partir de cereais, podem ser consumidos, sem o medo do glúten. Isso porque o processo de destilação elimina a proteína, tornando essas bebidas livres de glúten.

O vinho, por ser apenas feito de uva e nada mais, não contém glúten.

No entanto, perceba que glúten não é por princípio um sinônimo de calorias. A concentração dessa proteína faz parte do cálculo do número total de calorias de um alimento, mas não necessariamente é sua maior quantidade.

Devemos considerar que 1 grama de carboidrato ou de proteína possuem 4 calorias, e 1 grama de gordura, 9 calorias! De qualquer modo, o vinho não está entre as bebidas mais calóricas.

Conclusão

Boa notícia! O vinho não tem glúten!

O vinho não vai te fazer mal se você for intolerante a essa proteína. O vinho é sim uma bebida calórica (uma conta grosseira é de 1 caloria a cada mililitro de vinho, então algo em torno de 700 calorias em uma garrafa).

Mas ainda uma bebida menos calórica que a cerveja, por exemplo, e isenta da proteína que faz mal a algumas pessoas. 

Sempre recomendamos a ingestão moderada de vinho, a aderência a uma vida saudável com prática de esportes e alimentação adequada e nada de exageros.

Mas fique tranquilo, pois o vinho traz muitos benefícios à saúde e pode ser consumido sem preocupações!

Agora que você sabe que o vinho não tem glúten, venha escolher a bebida da sua próxima ocasião especial na BonViVin!  Entre em contato conosco, ficaremos muito felizes em falar sobre todos os benefícios do consumo de vinho.

E, se gostou do conteúdo, compartilhe com seus amigos para que juntos explorem esse delicioso caminho!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezesseis + 7 =