Viagens: Museo del Vino a Barolo

Tempo de leitura: 1 minuto

É fantástico como podemos unir nossas paixões. No meu caso, Vinhos e Viagens!

Barolo, é uma pequena “Comune Italiana” com cerca de 700 habitantes, um castelo e produção de vinhos… o fantástico: Barolo!

Até aí nada ou quase nada novo para nós.

A novidade é que a pouco mais de 2 anos O Castello Falletti di Barolo se tornou o WiMu – Wine Museum Castello di Barolo, um museu exclusivamente dedicado ao vinho, sua história, as sensações. Inicia-se com surgimento do vinho e sua relação com os deuses mitológicos. Nas próximas salas a produção em si: plantação, a relação do desenvolvimento da uva com a temperatura, fases da lua e condições climáticas em geral, a colheita. As seguintes salas falarão sobre o DNA do vinho e a infinitas possibilidades de combinações de matérias, nos dando diferentes perspectivas de sementes, uvas, videiras e é claro, vinhos.

Como as raízes das videiras, “roubam” elementos do solo que vão definir robustez e até mesmo a coloração do vinho. Há salas que tratam de poesia: O nascimento de um excelente vinho, feito a partir das mãos do homem, e criado com a mesma harmonia que uma música nasce das mãos de um pianista. Além do vinho como fonte de inspiração para grandes artistas como Caravaggio, Manet, Cézanne e Matisse.

Para terminar há ainda uma adega com 180 rótulos de vinhos para prova e compra, é claro!

Ah! Mais uma coisa o site deles é extremamente informativo e tem todas as dicas de como chegar, dias e horários de funcionamento e também um mapa de visitação.

  

Serviço:

A cidade que está localizada a 165 km de Milão ou a 70 km de Turim

Os ingressos custam € 8

http://www.wimubarolo.it/index.php

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

15 − 7 =