Enoturismo: 6 dicas para uma viagem incrível.

Tempo de leitura: 2 minutos

Se vai de carro ou avião o que importa? Viajar e sempre uma delícia, seja sozinho ou acompanhado, para perto ou para longe.

Para você que adora vinho e deseja conhecer um pouco mais sobre o processo de fabricação dessa bebida maravilhosa, o enoturismo com certeza será um divisor de águas na sua vida.

Caso opte por um roteiro nacional, o Brasil é recheado de vinícolas que produzem ótimos vinhos e engana-se quem acha que todas elas estão concentradas na região sul do país.

Se você prefere viagens internacionais, existem roteiros incríveis de enoturismo tanto no velho mundo como no novo mundo que vão fazer você se apaixonar.

Havendo a oportunidade de viajar a uma região vinícola, busque seguir essas dicas para aproveitar o melhor de sua experiencia enoturística, tanto nos roteiros nacionais como nos roteiros internacionais.

1 – Agende com alguma antecedência suas visitas as vinícolas.

Muitas delas oferecem passeios guiados com degustação. Busque em um site de viagens como o TripAdvisor as que possuem melhor infraestrutura turística. Além disso, algumas vinícolas abrem para visitação apenas em certos dias da semana.

2 – Verifique se alguma vinícola oferece almoço ou jantar harmonizados.

Mesmo saindo um pouco mais caro, a experiencia de uma refeição harmonizada do início ao fim, normalmente composta por um chefe moderno e sommeliers mais do que especializados será sempre inesquecível.

3 – Use roupas confortáveis nas visitas.

As melhores visitas incluem passeios na plantação, prova de uvas direto do pé (dependendo da época do ano, claro) e longas caminhadas pelas distintas áreas da bodega. Sapatos desconfortáveis e roupas apertadas não tem nada a ver com esse ambiente.

4 – Visite a lojinha!

As vinícolas sempre têm uma loja que vende seus vinhos e acessórios exclusivos, a preços muitas vezes inferiores aos praticados na cidade.

5 – Se tiver oportunidade, viaje no período da colheita.

No hemisfério sul, fevereiro a março e no hemisfério norte, setembro. A chance de ver o agito da colheita faz a experiência toda ser magnifica!

6 – Não vá dirigindo.

Se possível, contrate um motorista para levá-lo e busca-lo nas vinícolas. Por mais que em diversos países a lei seca não se aplique na pinta, segurança vem sempre em primeiro lugar e não queremos nenhum de nossos amigos passando por dificuldades por dirigir embriagado!

Seguindo essas dicas com certeza a sua viagem será inesquecível!

Gostou de nossas dicas? Faremos uma tomada pelos principais destinos enoturísticos nos próximos posts.

Fique ligado e visite nossa loja online.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

15 − oito =